Wiki Dragon Age Brasil
Advertisement

ThedasMap
Mapa de alta resolução de Thedas de Dragon Age: Tevinter Nights

Thedas é um continente no hemisfério sul, e o único continente conhecido do universo Dragon Age, sobre o qual todos os jogos Dragon Age são ambientados. Não se sabe muito sobre as terras que ficam além de Thedas. Presume-se que existam outros continentes, já que os Qunari não vêm originalmente de Thedas, mas de uma terra desconhecida através do Oceano Boérico.  De acordo com algumas fontes, os humanos também vieram do norte.

A palavra "Thedas" origina-se de Tevene, uma vez que se refere a todas as terras além do Império, eventualmente passou a abranger todo o continente. Um nativo de Thedas é referido como um Theod'o'si'ano. Ao Sul do continente, está as Terras Selvagens de Korkari onde se encontra a misteriosa Ilha Sunless.

Geografia[]

Nações[]

  • Anderfels - um reino à noroeste do continente
  • Antiva - um reino a leste do continente
  • Elvhenan - o antigo reino élfico
  • Ferelden - um reino ao sudeste de Thedas
  • Marchas Livres- uma confederação de cidades-estado no leste do continente
  • Nevarra - um reino no centro de Thedas
  • Orlais - um império no sudoeste do continente
  • Par Vollen - uma ilha à nordeste de Thedas, controlada pelos Qunari
  • Rivain - um reino à nordeste do continente.
  • Seheron - uma ilha ao norte
  • Tevinter - um país ao norte de Thedas

Oceanos e Mares[]

  • Oceano Amarantino — ao leste
  • Oceano Boeric — ao norte, em torno de Par Vollen e do arquipélago de Seheron
  • Mar Colean — entre Anderfels e Seheron
  • Mar enterrado – localizado no Abismo Desconhecido sob as Estradas Profundas acessíveis através do Bastião do Puro
  • Os Mares Congelados — suldeste de Ferelden
  • Mar Nocen — ao norte de Império de Tevinter, incluindo o Estreito Ventosus
  • Mar Sundered — na borda sudoeste de Orlais.
  • Mar Venefication — entre Rivain e Par Vollen, incluindo a Passagem do Norte dando acesso ao Oceano Amaranthine.
  • Mar Volca — oeste de Anderfels.
  • Waking Sea (Mar do Despetar, em tradução livre) — entre Ferelden, Orlais, e Marchas Livres.
  • Mar Brilhante – parte ocidental do Mar de Desperta

Lagos[]

  • Lago Calenhad — em Ferelden, é o maior lago de toda Thedas
  • Lago Celestine — nas Heartlands de Orlais
  • Lago di Novo – em Antiva
  • Lago Luthias — um pequeno lago ao sul do Lago Calenhad
  • Os Lagos Sulfur — no sul de Orlais

Montanhas[]

  • Arl Dumat — um vulcão entre the Hunterhorn Mountains e Gamordan Peaks
  • Belenas – diz-se ser a montanha que fica no centro do mundo; A lenda de Avvar diz que ele foi destruído na batalha entre Korth, o Pai da Montanha e a serpente Nathramar; as lágrimas da Senhora dos Céus encheram a cratera deixada para trás para formar o Lago Calenhad
  • Monte Daverus
  • Dragon's Peak – um vulcão extinto localizado perto de Denerim
  • Montanhas do Dorso Congelado — uma cordilheira que separa Ferelden de Orlais
  • Picos Gamordan — no sudoeste de Orlais
  • Montanhas Hunterhorn — à oeste de Orlais e entre Orlais e Anderfel
  • Montanhas Vimmark — no sul das Free Marches
  • Pináculo Branco — em Antiva
  • Os Cem Pilares – formação no leste de Tevinter
  • The High Reaches – cordilheira no oeste de Tevinter

Florestas[]

  • Floresta dos Arvoredos — no sul de Orlais
  • Floresta Arlathan — no extremo Sudoeste de Antiva
  • Floresta Breciliana — no leste de Ferelden
  • Donarks — uma selva à norte de Anderfels
  • Floresta de Kolorind – faz fronteira com a borda de Blackmarsh em Amaranthine
  • Korcari Wilds — ao sul de Ferelden
  • Floresta Planasene — no suldoeste de Marchas Livres
  • Tirashan — à oeste de Orlais
  • Wending Wood - no noroeste de Ferelden, próximo a Amaranthine

Subterrâneo[]

Existem inúmeros locais subterrâneos espalhados por Thedas. A grande maioria dessas passagens subterrâneas, sistemas de cavernas e túmulos podem ser acessados através de minas ativas e abandonadas, antigos Guardas de Guarda, fortalezas desconsideradas, ruínas élficas esquecidas, vastos abismos, aberturas de aterro, antigas ruínas de Tevinter, tailandeses anões perdidos e entradas de Deep Roads.

Os anões, no último milênio, expandiram o subterrâneo de Thedas com seu império, que anteriormente se estendia com a criação de incontáveis Thaigs[1], sendo as Estradas Profundas (Deep Roads) a conexão entre elas, além de medir o comprimento e amplitude deste subterrâneo. As Estradas Profundas abrangem o comprimento e a largura de Thedas, que conectam os inúmeros Thaig do império dos anões. No entanto, após o declínio do império, os últimos quatro grandes reinos dos anões são os seguintes, embora apenas dois ainda sejam habitados:

  • Gundaar (perdida)
  • Hormak (perdida)
  • Kal-Sharok — localizada nas profundezas das Montanhas Hunterhorn (habitada)
  • Orzammar — localizada abaixo das Montanhas Congeladas (habitada)
  • Kal'Hirol – localizado sob o Arling de Amaranthine (recuperado em 9:31)

Subestruturas[]

As subestruturas não são tão profundas abaixo do solo e podem ser acessadas através de várias estruturas projetadas, fundações, conduítes e habitações. Esses locais são comumente conhecidos como retiros, subsolos, porões, adegas, abóbadas, bunkers e passagens de esgoto.

Mapa Interativo[]


Além de Thedas[]

Poucos detalhes estão disponíveis sobre as terras que ficam além dos limites de Thedas.

  • Além do Ermos Korcari e Arbor Wilds ao sul, há um deserto congelado chamado Sunless Lands.  Estas terras estão cobertas de neve durante a maior parte do ano. Apesar da inospitalidade das Terras Sunless , elas são habitadas por pessoas que são chamadas de "Agadi" pelo Chasind, que significa "exílio" em sua língua. Genitivi teoriza que os Agadi foram expulsos dos Ermos Korcari e fragmentados em sua própria cultura.  Essas terras são consideradas frias demais para a humanidade sobreviver. Os Chasind contam histórias sobre horrores à espreita nas terras ao sul de Ermos Korcari, coisas que "o povo das terras baixas não podia começar a compreender".
  • Há terra a oeste de Thedas, embora as Montanhas Hunterhorn inibam viagens.
  • Leliana menciona que a partir de 9:41 Dragon, o Herói de Ferelden está viajando para o oeste para terras que supostamente nunca conheceram uma Podridão.
  • Até o início da Idade Negra, a cidade de Laysh, em Anderfels, negociava com navios que cruzavam o Mar do Volca. Os viajantes que de acordo com a lenda dos Ander são chamados de 'Voshai', tinham um interesse excessivo em lyrium. Todos os navios Voshai foram capitaneados por anões, enquanto nenhum elfo foi relatado. As expedições Tevinter para chegar à terra natal dos Voshai falharam sem que nenhum navio voltasse. Nos últimos tempos, no entanto, surgiram rumores de que os navios Voshai haviam retornado, trazendo consigo histórias de um "cataclismo maciço".
  • As selvas dos Donarks dificultam a exploração da porção noroeste do continente. Tevinters chamam essas terras de "Viridis" - "O Verde" - e têm rumores de dragões sem asas e quimeras voadoras habitando as selvas.
  • Existem inúmeras ilhas no Oceano Boérico. Alguns são refúgios para piratas, outros são colônias de Tevinter ou Qunari, mas outros têm populações indígenas. O mais famoso deles é o quase mítico Par Ladi. Há rumores de que os parladians têm as melhores defesas costeiras em Thedas, praticam artes semelhantes às videntes de Rivaini e são enfeitados com ouro e joias.
  • Os Qunari são originários de uma terra muito a leste, além do Oceano Boérico.  Eles chegaram a Thedas do norte.
  • Os Executores afirmam agir "em nome de poderes do outro lado do mar", presumivelmente entidades que residem em terras além dos oceanos Amarantina e Boérico.
  • A terra além do Oceano Amarantino é referida nos mitos como "Amaranto". Diz-se que o amaranto é desprovido de qualquer espécie senciente e todas as tentativas teodosianas de colonização falharam. Lendas contam que expedições posteriores encontraram antigos assentamentos vazios e que o único sobrevivente foi enlouquecido por algo e se matou pouco tempo depois de ser descoberto.
  • O líder alamarri Hafter deixou sua terra natal e navegou para o leste nas franjas desconhecidas do Oceano Amarantino. Nunca mais foi ouvido.
  • Karolis, um famoso caçador de recompensas, possuía um machado que teria vindo do outro lado do oceano oriental.

Entradas de códice[]

Codicicon

Entrada do códice: Geografia de Thedas

Notas[]

  • Thedas tem duas luas, sendo a lua secundária chamada Satina (de onde o feriado de Satinalia recebe seu nome).
  • De acordo com David Gaider, não há um nome individual para o planeta onde Thedas existe, como a maioria dos tedósios consideram Thedas "o mundo inteiro".
  • A contagem de tempo em Thedas é geralmente inexata, já que a maioria das pessoas não possui nenhum dispositivo de medição de tempo. Os relógios dos anões são, portanto, incomuns, mas notáveis.
  • O Mar Luminoso foi mencionado pela primeira vez em um dos epílogos de Dragon Age: Origins. Na época, ele não foi apresentado em nenhum dos mapas. Quando questionado sobre o assunto, David Gaider disse que provavelmente é um erro decorrente de mudanças feitas durante o desenvolvimento do jogo.  No entanto, o Mar Luminoso mais tarde apareceu no mapa oficial incluído em Dragon Age: Tevinter Nights.

Curiosidades[]

  • O nome era originalmente um acrônimo usado nos fóruns do Dragon Age na BioWare. Significa "THE (O)" "D"ragon "A"ge "S"etting(cenário).
  • Os desenvolvedores pretendiam renomear o continente para o lançamento final, mas no final ficaram com "Thedas", que deveria ser apenas um nome temporário. Um dos nomes alternativos, sugerido por James Ohlen, foi "Pelledia".

Veja também[]

  • Explore o mapa no site oficial do Dragon Age
  • Astronomia
  • Calendário
  • Moeda
  • Drogas e álcool
  • Educação
  • Fauna e flora
  • Alimentos e ingredientes
  • Ritos funerários
  • Jogos e recreação
  • História das pragas em Thedas
  • Medicina
  • Sexualidade e casamento
  • Tecnologia

Referências[]

  1. Thaig é um termo anão usado para definir suas cidades subterrâneas.
Advertisement