FANDOM


"Homens e mulheres de todas as raças, guerreiros, magos, bárbaros e até mesmo reis. Prontos para sacrificar tudo para combater o mal que dizimava a terra... e eles prevaleceram." Duncan, chefe dos Guardiões Cinzentos em Ferelden.'

 
Os Guardiões Cinzentos são uma organização antiga de guerreiros excepcionalmente hábeis dedicada a combater a Cria das Trevas em toda Thedas. Sua sede é situada na Fortaleza de Weisshaupt nas Anderfels, o mesmo local em que a ordem fora fundada, mantendo sua presença na maioria das outras nações. Os Guardiões Cinzentos são conhecidos por ignorar a história de seus recrutas, sendo sua raça, classe, casta e antecedentes criminais se este possui os atributos considerados necessários por um deles. São considerados guerreiros valiosos em termos de caráter ou habilidade, até mesmo heróis por muitos. Apesar de seu pequeno número, os Guardiões Cinzentos têm sido fundamentais para derrotar cada Flagelo até agora, e, portanto, são vitais para a sobrevivência do mundo como um todo.

História Editar

A história da ordem é semelhante à do Flagelo, tendo sido criada durante o primeiro e por ser fundamental para sua derrota vez após vez, mas também devido ao hábito da humanidade e dos povos da superfície de modo geral esquecerem a existência da Cria das Trevas e ignorar os Guardiões, salvo nas Anderfels, onde gozam de maior poder.

Primeiro Flagelo e fundação Editar

Durando 192 anos, o Primeiro Flagelo ocorreu em -395 Ancestral (800 TE), quando uma praga foi liberada sobre o mundo. As Vias Profundas, uma enorme rede de estradas subterrâneas que conectava os reinos dos anões, foi infestada por criaturas terríveis que vieram a ser conhecidas por "Crias das Trevas". Devido a vastidão do império anão notícias dos primeiros ataques a viajantes foram tidos como rumores que vieram a se provar verdadeiros e ainda mais terríveis, pois não só parecia não haver a essas criaturas, mas estas também espalhavam uma mácula, infectando outros seres vivos a sua volta, transformando-os em monstros, e corrompendo e envenenando a própria terra em que passavam. Ninguém sabe ao certo a origem das Crias das Trevas, porém a teoria mais aceita parece ser a da Capela, afirmando que as primeiras Crias foram magos Tavinter que, através da Desvanescência e pelo uso de Magia do Sangue, encontraram a Cidade Dourada, morada do Criador e na tentativa de usurpa-la a macularam, sendo transformados nas Crias das Trevas como punição. Ainda que bem aceita pela maioria dos humanos de Thedas, em Tavinter e para outras raças existem outras teorias. Independente da crença, a invasão das Crias das Trevas, que foi chamada de Flagelo, logo destruiu a maioria dos reinos subterrâneos e se espalhou pela superfície. O caos reinou em Thedas e entrou em um de seus mais terríveis momentos, reinos inteiros foram destruídos, durante quase cem anos não parecia haver esperança. Foi descoberto que comandando as hordas de Crias das Trevas estava um dragão de imenso poder, corrompido pela Mácula; essa criatura foi chamada de Arquidemônio e acredita-se se tratar de um Deus Antigo, dragões venerados por Tavinter.

Guardiões Notáveis Editar

  • Anders 
  • Averno 
  • Bergen 
  • Blackwall 
  • Brigam 
  • Carinus: conhecido como o fundador da ordem 
  • Corin 
  • Duncan 
  • Fiona 
  • Garahel 
  • Genevieve 
  • Hafter (cão) 
  • Janeka 
  • Kell ap Morgan 
  • Kilina: Warden recrutador das pessoas Orth da Anderfels 
  • Julien 
  • Kristoff 
  • Kristoff: o ex-comandante da cinza de Orlais; não deve ser confundido com o Kristoff de Dragon Age: Origins - Awakening 
  • Larius 
  • Nakiri, uma Ander do Donark Floresta, que sugeriu o uso de sangue como uma arma contra o Darkspawn, inspirando o ritual de iniciação; 
  • Nerias, amante do Corin que sacrificou sua vida para salvá-lo 
  • Nicolas 
  • Riordan 
  • Sophia Dryden 
  • Stroud 
  • Utha 
  • Valya 
  • Veldin, um Warden Orlesiano presente no encerramento da Adamant Fortaleza 
  • O Warden / O Warden-Commander
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.