Wiki Dragon Age Brasil
Advertisement

A Era do Dragão (9:00 - presente) é a nona e atual Era em Thedas.

Vários anos antes, dois dragões foram avistados saindo das Montanhas Congeladas e Orkney, apesar de que acreditava-se que os dragões haviam sido caçados até sua extinção pelos caçadores de dragões de Nevarra durante a Era de Aço. Os dragões foram responsáveis por devastar os campos de Orlais e Nevarra, e todas as tentativas de matá-los terminaram em desastre[1]. Apesar da devastação, alguns veêm o retorno dos dragões para Thedas como um sinal de glória; estudiosos da Chantria, no entanto, afirmam que este é o pior dos presságios.

Divina Faustine II estava pronta para nomear a era seguinte com a Era do Sol, porém devido aos avistamentos de dragões, decidiu nomeá-la como Era do Dragão, prevendo ainda que esta seria uma era agitada e de muita violência[2].

Cronologia[]

Nota: Entradas marcadas com BioWare canon indicam histórias cânon da BioWare, porém não significa que elas necessariamente se sobrepõe às escolhas do jogador.
9:00 Dragão[]
  • Liderados pelo jovem Príncipe Maric, os rebeldes fereldanos finalmente tiveram sucesso em expulsar a força ocupacional de Orlais. Maric mata o usurpador Rei Meghren em um duelo no Forte Drakon[2][Nota].
  • Menos de uma semana após a ascenção de Maric ao trono, Chivalry Threnhold se torna Visconde de Kirkwall[3].
  • Pouco tempo depois, Antiva é atingida por um guerra civil, e então tem início da difamada "Era das Três Rainhas.
  • O Arconte governante no Império de Tevinter sofre usurpação.
9:02 Dragão[]
9:03 Dragão[]
  • Maric Theirin é coroado Rei de Ferelden[5].
9:04 Dragão[]
  • Nascimento de Celene Valmont, futura imperatriz de Orlais[6][7].
9:05 Dragão[]
  • Nascimento de Cailan Theirin, futuro Rei de Ferelden[5][8].
  • Cavaleiro-Capitão Greagoir é nomeado Cavaleiro-Coomandante da Torre do Cículo dos Magos de Ferelden[9].
9:08 Dragão[]
  • Morte da Rainha Rowan de Ferelden[10].
9:10 Dragão[]
  • Nos subsolos de Ferelden, um darkspawn inteligente conhecido como o Arquiteto tenta matar os Deuses Antigos restantes e contaminar toda a superfície do mundo. Seus esforços são frustrados por Rei Maric e um grupo de Guardiões Cinzentos[6].
  • Rei Maric permite que a Ordem dos Guardiões Cinzentos retorne para Ferelden após dois séculos de exílio[11].
  • Uma jovem ferreira chamada Branka é nomeada Paradigma por sua invenção de carvão sem fumaça[12].
  • Alistair, futuro herói da Quinta Podridão, nasce em Ferelden[13].
9:11 Dragão[]
  • Kal-Sharok, um reino anão localizado bem abaixo das Montanhas Hunterhorn e que os anões de Orzammar acreitavam ter sido perdido para os darkspawn há muitos anos, é redescoberto. Os anãos de lá ainda estão ressentidos com Orzammar e recusam a se curvar à autoridade do rei anão[14].
  • O Kathaban da marinha Qunari lança uma ofensiva à Tevinter com uma frota de navios de guerra e todo kith beresaad é enviado com eles como força de desembarque[15]. A campanha de Kathaban faz um grande progresso, que é desfeito quando legiões de soldados e magos tevinterianos retaliam em peso. As bases Qunari em Tevinter são obliteradas no contra-ataque, e o Kathaban é forçado a retirar a frota para Seheron. Todo o antaam está abalado com a derrota, mas ninguém se abala mais que o próprio Kathaban, que renuncia ao seu papel e retorna a Par Vollen para não ser mais Kathaban.
9:13 Dragão[]
  • A fortaleza de Bownammar é perdida para uma horda de darkspawn. Anãos estudiosos acreditam que este foi o primeiro indício de uma Podridão[16].
9:14 Dragão[]
  • Perrin Threnhold sucede seu pai, Chivalry Threnhold, como Visconde de Kirkwall[3].
9:16 Dragão[]
  • Anthony Pentaghast é assassinado por um grupo de apóstatas. Sua irmã, Cassandra, começa a treinar com os Buscadores da Verdade (Seekers of Truth)[17].
9:20 Dragon[]
  • Ferelden e Orlais oficialmente firmam paz após a acensão da Imperatriz Celene ao trono Orlesiano[18].
  • Malcolm Hawke e sua família se estabelecem nos arredores de Lothering.
  • À pedido de sua esposa grávida Isolde, Arl Eamon Guerrin envia Alistair para o Monastério em Bournshire[19].
  • Nevarra invade Orlais e toma a cidade de Larécolte nos campos de Ghislain. Grão Duque Gaspard de Chalons lidera a defesa Orlesiana, eventualmente expulsando os nevarranos de Orlais[20].
9:21 Dragão[]
  • Após um tentativa falha de expulsar a influente Ordem dos Templários  da cidade, Visconde Perrin Threnhold é executado e Marlowe Dumar é escolhido como novo Visconde de Kirkwall. Devido sua participação na prisão de Viscount Threnhold, Meredith Stannard é promovida a Cavaleira-Comandante de Kirkwall pela Grã-Clériga Elthina[21][22].
9:22 Dragão[]
  • Magos de sangue, secretamente aliados à uma Grã-Clériga desonesta da Chantria Orlesiana, conspiram para assassinar Divina Beatrix III. Cassandra Pentaghast, uma Buscadora da Verdade, frusta conspiração e é nomeada Heroína de Orlais Mão-Direita da Divina[21][23][20][22]. Este dias é conhecido e lembrando como “O Dia dos Dragões” ou “O Dia dos Céus Negros”[24].
9:23 Dragon[]
9:25 Dragão[]
  • Rei Maric de Ferelden é considerado perdido pelo mar[26][27], e preso pelos Corvos Antivanos em Velabanchel[28].
  • O filho de Maric, Cailan, herda o trono de Ferelden. Aproximadamente um mês após a coroação, Cailan casa com Anora, filha de Teyrn Loghain Mac Tir[26].
  • Os Tamassrans elegem um novo Arishok após o último morrer durante uma campanha em Seheron[29].
  • Os Guardiões Cinzentos de Ferelden sentem os primeiros indícios da vindoura Podridão[30].
9:27 Dragon[]
  • Malcolm Hawke, o mago apóstata responsável por selar Corypheus novamente em sua prisão, e pai do(a) futuro(a) Campeão/Campeã de Kirkwall morre em Lothering[31].
  • O Magistrado Urian Nihalias, juntamente com um grupo de co-conspiradores entre os Templários Imperiais the Magisterium, expulsam o Divino Negro governante. Nihalias se torna o novo Divino Negro[32].
9:28 Dragon[]
  • A Paradigma Branka leva toda sua casa, exceto seu marido Oghren, para as Estradas Profundas na esperança de encontrar a Bigorna do Vazio e o segredo da criação dos golens.[33]
  • O escravo Fenris infundido em lírio, foge de seu mestre em direção ao sul.[34]
  • Leliana busca refúgio na Chantria de Lothering.
9:29 Dragon[]
9:30 Dragon[]

A Quinta Podridão se inicia nos Ermos Korcari e no sul de Ferelden quando o Arquiteto tenta realizar uma versão modificada do ritual da União em Urthemiel, na esperança de libertar os darkspawn do chamado dos Deuses Antigos. No entanto, Urthemiel é corrompido e se torna um Arquidemônio.

Arl Rendon Howe assassina Teyrn Bryce Cousland e Teyrna Eleanor Cousland em um ataque surpresa em Highever depois que seu filho, Fergus Cousland, já havia levado a maior parte do exército do Teyrn para Ostagar para se juntar às forças do Rei Cailan.

O Clã Sabrae dos Elfos Dalishianos encontram um Eluvian maculado nas florestas de Ferelden, perdendo dois de seus membros. Para fugir da mácula e da Podridão, o clã atravessa o Mar do Despertar até às Marchas Livres e estabelecem um acampamento em Sundermount.

O príncipe herdeiro de Orzammar, Trian Aeducan, é assassinado e seu irmão do meio é banido para as Estradas Profundas por tal feito devido as armações de seu irmão mais novo, Bhelen. O Rei Endrin Aeducan adoece em seu luto, e acaba falecendo.

O Guardião é recrutado para os Guardiões Cinzentos.

Ferelden é derrotada na Batalha de Ostagar pelos darkspawn; a batalha é perdida quando Teyrn Loghain Mac Tir deserta, resultando na destruição do exército fereldano, à quase a destruição e exílio da Ordem dos Guardiões Cinzentos, e às mortes do Rei Cailan Theirin e do Guardião Comandante Duncan.

O Guardião e Alistair são salvos pela Bruxa da Floresta, Flemeth. Teyrn Loghain Mac Tir retorna para Denerim e se autoproclama rei regente, desencadeando a Guerra Civil de Ferelden, entre a nobreza de Ferelden.

Os eventos descritos em Dragon Age II se iniciam. Lothering é destruída pelos darkspawn, e a família Hawke, junto de Aveline Vallen, fogem para Kirkwall com a ajuda de Flemeth.

No oitavo dia de Molioris/Bloomingtide, a barragem de Crestwood é quebrada para afogar os darkspawn invasores.

9:31 Dragão[]
  • Urthemiel é morto por um dos Guardiões Cinzentos restantes de Ferelden na Batalha de Denerim. O Guardião se torna “O Herói de Ferelden”, e Ferelden agora pois um novo governante.[36]
  • Os Guardiões Cinzentos de Orlais são mandados para Ferelden para ajudar a dispersar os darkspawn que não conseguiram voltar para as Estradas Profundas após a morte do Arquidemônio. Os guardiões são colocados sob o comando do Tenente Gable de Vigil’s Keep.
  • Eventos descritos em Dragon Age: Warden’s Fall se iniciam, e o Guardião Kristoff é morto por proles de uma mãe de ninhada (brood mother) inteligente, conhecida como A Mãe, enquanto investigava Blackmarsh.
  • Eventos descritos em Dragon Age: Origins - Awakening se iniciam. A Guerra Civil dos Darkspawn se inicia.

Os darkspawn remanescentes em Ferelden são purgados pelo novo Guardião-Comandante de Ferelden e demais Guardiões da Ordem que foi reestabelecida no país, pondo um fim na Guerra Civil dos Darkspawn.

  • Os anões de Orzammar sucedem em reconquistar a grande thaig de Kal’Hirol. A Thaig Amgarrak é infestada de harvesters após tentativas falhas de recriar as pesquisas sobre golens de Caridin. O Guardião-Comandante de Ferelden mata uma dessas criaturas e destrói a pesquisa.[37]
  • O Círculo dos Magos de Starkhaven é destruído por um incêndio. Os sobreviventes são realocados para Kirkwall, tornado Gallows o maior Círculo dos Magos das Marchas Livres.
  • Os Qunari partem em uma missão para encontrar tropas Orlesianas que concordaram em devolver o Tomo de Koslun para eles. Porém, o livro é roubado por uma pirata de Rivain. Após uma tempestade, ambos navios afundam na costa de Kirkwall. O Arishok e seu exército sobrevivente passam a residir no Complexo Qunari, uma parte das docas reservada para eles pelo Visconde, até que recuperem o Tomo de Koslun.
  • Um mago Qunari naufragado é aprisionado no subsolo de Kirkwall pela Chantria após causar a destruição de uma vila inteira. O Saarebas utiliza um artefato Dalishiano na tentativa de rasgar o Véu. Tallis, uma agente Qunari, é enviada para recuperá-lo.
  • Hawke de Kirkwall, ajuda a financiar um expedição para as Estradas Profundas com os irmãos Bartrand e Varric Tethras. Eles descobrem a Thaig Primeval, uma thaig ancestral que precede a Primeira Podridão, e um antigo ídolo de lírio dentro dela.
  • Entre os anos 31 e 37 da Era do Dragão, um nobre Orlesiano chamado Prosper de Montfort fecha um acordo com um Tal-Vashoth chamado Salit, para comprar uma lista de agentes Qunari inativos. Ele é morto por Hawke.
9:32 Dragão[]
  • O Guardião-Comandante de Ferelden confronta Morrigan nas ruínas de Dragonbone Wastes; ela vai embora através de um Eluvian. [38]
  • Os elfos do Gueto Edgehall se revoltam contra o Arl. Muitos elfos são mortos.[24]
9:34 Dragão[]
  • Após anos de sentimentos anti-Qunari, e incidentes que os Qunari enxergam como estranhos se intrometendo nos seus assuntos, o Arishok decide derrubar os governantes de Kirkwall para impor ordem na cidade, começando a Primeira Batalha de Kirkwall. Como resultado, Marlowe Dumar é morto pelos Qunari.
  • Hawke ajuda a repelir os Qunari e é nomeado(a) “Campeão de Kirkwall” pela Cavaleira-Comandante de Kirkwall, Meredith Stannard.
  • Meredith assume a administração da cidade e impõe sanções mais rígidas ao Círculo dos Magos de Kirkwall.[39]
  • A Madre Reverenciada Dorothea ascende ao trono do Raio de Sol da Chantria como Divina, assumindo o nome Justinia V após a morte de sua predecessora em idade avançada, que sofria de demência há anos.[40]
9:35 Dragão[]
  • Lorde Vincent Callier e sua família emboscados por Thom Rainier e seus soldados a caminho de sua casa de verão no Lago Celestine. Nenhum membro da família sobreviveu.[41]
9:36 - 37 Dragão[]
  • Os elfos de Edgehall se revelam mais uma vez contra o Arl. Após pesadas baixas entre os elfos, Ser Aaron intervém e resolve o problema.[25]
  • BioWare canon O Rei Alistair decreta que o arl de Edgehall não pode tocar a árvore Vhenadahl dos elfos.
9:37 Dragão[]
  • Os eventos descritos em Legacy se iniciam. Corypheus desperta em sua prisão e é derrotado por Hawke.[42]
  • O mago apóstata Anders destrói a Chantria de Kirkwall, iniciando a Rebelião de Kirkwall, inspirando os magos de Thedas a se rebelarem contra o sistema dos Círculos. O Campeão(ã) de Kirkwall mata o Primeiro Encantador Orsino e a Cavaleira Comandante Meredith Stannard durante a rebelião, e foge da cidade.[40]
9:38 Dragão[]
  • Fiona é eleita Grã-Encantadora; o Colegiado dos Encantadores rejeita uma moção para dissolver o Círculo dos Magos a pedido da Encantadora Sênior Wynne.
  • A Chantria dissolve o Colegiado dos Encantadores e se recusa a permitir novas reuniões.
  • BioWare canon O Rei Alistair de Ferelden, com a ajuda de Isabela e Varric Tethras, viajam para a Cidade de Antiva à procura de pistas sobre o destino final de Rei Maric.
  • BioWare canon Forças Qunari sob o comando do novo Arishok, antigamente Sten, atacam a fortaleza de Tevinter Ath Velanis, em Seheron, junto do Rei Alistair para por um fim na exploração do Rei Maric por Aurelian Tirus e o Magrallen.
  • BioWare canon Agitação se forma em Orlais quando Grão-Duque Gaspard de Chalons provoca desavença contra o reinado da Imperatriz Celene,[43] causando, eventualmente, a "Guerra dos Leões" dois anos depois.
  • Morrigan ressurge na corte imperial de Val Royeaux e é nomeada “conselheira arcana” da Imperatriz Celene.[44][45]
9:40 Dragão[]
  • Imperatriz Celene é chamada a Val Royeaux após notícias de uma rebelião élfica em Halamshiral. Acredita-se que o movimento tenha sido arquitetado por Gaspard. A ausência de Celene alimenta rumores de sua morte ou captura.
  • Antecipando a agitação, é ordenado o fechamento dos Portões do Sol de Val Royeaux pela primeira vez desde que dragões atacaram a cidade em 9:22 Dragão.[46]
  • Briala, a espiã mestre, serva e amante da Imperatriz, reativa a rede de Eluvians.
  • Gaspard de Chalons retorna a Val Chevin para retomar a guerra civil; a Imperatriz Celene reaparece no Palácio de Inverno, próximo a Halamshiral, e começa a reunir suas próprias forças.
  • Uma revolta violenta no Pináculo Branco deixa muitos magos sêniores mortos. A revolta aparentemente foi apoiada pela Divina através de seus agentes, incluindo a Irmã Rouxinol.[47]
  • Aproveitando o conflito no Pináculo Branco, o Lorde Buscador Lambert Van Reeves cancela o Acordo de Nevarra, cortando os laços entre a Chantria e os Buscadores da Verdade. A lealdade entre os Buscadores da Verdade e Templários está dividida. Alguns ainda apoiam a Divina.[47]
  • O Círculo de Dairsmuid em Rivain é anulado.
  • O Colegiado dos Encantadores vota para se separar da Chantria. Lorde Buscador Lambert declara que o Círculo dos Magos não existe mais. O futuro dos magos de Thedas é incerto.[48]
  • Lorde Buscador Lambert desaparece e é dado como morto. Lucius Corin se torna o novo Lorde Buscador.[48]
  • Cassandra Pentaghast, uma das poucas Buscadoras ainda leais à Chantria, e Leliana, espiã-mestre de Divina Justinia V, partem para restaurar a Inquisição. Inicialmente elas buscam pelo Guardião-Comandante para liderar a Inquisição, mas não conseguem localizá-lo(a). A busca delas pelo(a) Campeão(ã) de Kirkwall como potencial líder da Inquisição as leva à capturar e interrogar Varric Tethras, um dos ex-companheiros de Hawke.[48]
  • O Lobo Temido desperta após milênios de sono, e se apresenta como um elfo apóstata moderno, utilizando o nome Solas.[49]
9:41 Dragão[]
  • Vários magos do Círculo dos Magos de Hossberg se tornam Guardiões Cinzentos e começam a buscar registros da Quarta Podridão, encontrando o diário de uma Guardiã chamada Isseya, irmã Garahel, um dos últimos cavaleiros de grifo.
  • Eventos descritos em Dragon Age: Inquisition se iniciam.

Divina Justinia V convoca o Conclave Divino entre magos e templários no Templo das Cinzas Sagradas pra negociar a paz e encerrar a Guerra Magos-Templários. O conclave é interrompido por Corypheus, que utiliza um artefato élfico em ritual sacrificando Justinia V. O ritual é interrompido, e a a Brecha resultante destrói o templo, matando os líderes dos Magos, Templários e da Chantria.

Um(a) sobrevivente da Brecha é encontrado com uma marca que pode controlar a Brecha e as fendas criadas por sua erupção. Após acalmar a Brecha, o(a) sobrevivente é aclamado(a) como o(a) Arauto de Andraste. O(a) Arauto começa a liderar a renascida Inquisição, tendo como base Refúgio, e busca selar a Brecha no céu e restaurar a ordem em Thedas.

A Guerra Entre Magos e Templários termina quando a Inquisição recruta os magos rebeldes ou os templários para sua causa. A facção remanescente é corrompida por Corypheus nos Venatori ou Templários Vermelhos, respectivamente. O(a) Arauto sela a Brecha com a ajuda dos magos ou dos templários.

Corypheus lidera seu exército em um ataque surpresa à Inquisição para recuperar a Âncora do(a) Arauto. A Inquisição escapa de Refúgio e se reagrupa em Skyhold, uma fortaleza nas montanhas. O(a) Arauto é oficialmente nomeado Inquisidor(a), líder da Inquisição.

Todos os Guardiões Cinzentos de Orlais começam a ouvir um falso Chamado e ficam desesperados para tentar acabar com todas as futuras Podridões antes que elas aconteçam. Eles unem forças com os Venatori e fazem sacrifícios de sangue com seus próprios guerreiros para criar um exército de demônios, pra marchar ostensivamente pelas Estradas Profundas e matar os Deuses Antigos restantes. A Inquisição descobre que eles estão sendo manipulados e estabelecem cerco à sua base na Fortaleza Adamant, pondo um fim ao seu plano. Após derrotar o Demônio do Pesadelo que estava controlando os Guardiões Cinzentos magos, o(a) Inquidor(a) deve decidir se aliar aos Guardiões ou exilá-los de Orlais. A Inquisição também descobre a razão do sumiço do(a) Guardião.

O(a) Inquisidor(a) participa de um baile realizado pela Imperatriz Celene I no seu Palácio de Inverno em Halamshiral após descobrir um plano para o assassinato da Imperatriz. As ações Inquisição resolvem a Guerra Civil Orlesiana e decidem quem ocupa o trono de Orlais.

9:42 Dragão[]
  • A Inquisição persegue Corypheus até o Templo de Mythal na Floresta dos Arvoredos, onde ele tenta adquirir o conhecimento de como utilizar a rede de eluvians para entrar novamente na Cidade Negra.
  • Eventos decritos na DLC Mandíbulas de Hakkon se iniciam.

Liderados pelo professor Kenric, um time de pesquisadores encontram pistas sobre o desparecimento do Inquisidor Ameridan. Informados e instigados pela Batedora Harding, a Inquisição se junta ao time de pesquisa. A trilha deixada por Ameridan leva a uma antiga Fortaleza Tevinteriana nas Bacia Basin, ocupadas pelos Mandíbulas de Hakkon, um grupo Avvar que busca libertar seu deus Hakkon que está possuindo um high dragon. Ajudados pelos Avvares do Porão do Urso-de-Pedra, o(a) Inquisidor(a) ataca a Fortaleza e encontra o Inquisidor Ameridan num feitiço que paralisa o tempo. Após desfazer o feitiço, Ameridan morre e o Inquisidor derrota Hakkon.

  • Eventos descritos na DLC A Descida começam.

Uma série de terremotos causam estrago nas minas de lírio de Orzammar. O(a) Inquisidor(a), com a ajuda de Shaper Valta e um grupo da Legião dos Mortos liderados pelo Tenente Renn, investigam a causa dos tremores. Eles descem bem abaixo das Estradas Profundas e da perdida Thaig Heidrun, e descobrem um lugar cheio de veias de lírio, o Bastião dos Puros. Depois de passarem por um mar subterrâneo desconhecido, eles descobrem o Wellspring e percebem que estão dentro de um Titã que está causando os terremotos. No centro, eles encontram seu coração pulsante e, posteriormente, derrotam o Guardião. No entanto, antes do confronto, Valta é acertada por algo que a conecta a Pedra e decide permanecer em Wellspring para investigar mais.

  • Depois da Inquisição frustrar seus planos, desesperado, Corypheus retorna ap Templo das Cinzas Sagradas para reabrir a Brecha. O(a) Inquisidor(a) finalmente o derrota e sela a Brecha novamente.[50][51]
  • Divina Victoria é eleita para liderar a Chantria.
  • Um grupo de treze grifos vivos é descoberto no Túmulo da Noiva Vermelha nos Anderfels por um grupo de recrutas de Guardiões Cinzentos
9:44 Dragon[]
  • Eventos descritos em Invasor se iniciam.

A Inquisição comparece ao Conselho Exaltado para discutir o futuro da organização, e é interrompido pelos Qunari e seu plano “Sopro do Dragão”, um plano com a intenção de destruir toda a nobreza do sul de Thedas simultaneamente. O plano é frustrado pela Inquisição e pelos agentes de Fen’Harel, que ao final se revela ser Solas.

A Âncora, agora fora de controle, é removida do(a) Inquisidor(a), junto com seu braço esquerdo inteiro.

Afim de erradicar os agentes de Solas infiltrados em todas as frentes, o(a) Inquisidor(a) deve decidir se Inquisição diminui drasticamente seus números e passa a servir a Divina Victoria, ou se disbanda por completo, mantendo seus principais membros agindo independentemente sem legitimidade legal.

Elfos ao redor de toda Thedas, desde meros servos à membros da Inquisição, abandonam seus postos para seguir Solas, deixando muitos se perguntando quantos agentes o Lobo Temido de fato possui.

  • Eventos descritos em Knight Errant se iniciam em algum momento não especificado após o Conselho Exaltado.
  • Os Qunari lançam novos ataques contra Tevinter, capturando as cidades Ventus e Carastes.
9:45 Dragon[]
  • Eventos descritos em Dark Fortress se iniciam.

Notas[]

  • A linha do tempo na pagina 133 de Dragon Age: The World of Thedas Volume 1 afirma que Príncipe Maric derrotou o Rei Meghren em 9:00 Dragão. No entanto, o epílogo de Dragon Age: The Stolen Throne afirma que o duelo aconteceu três anos após a batalha do Rio Dane, que ocorreu no ultimo ano da Era Abençoada. Isso faria com que o fim da ocupação orlesiana em Ferelden tenha sido no ano 9:02 Dragão. David Gaider citou esta entre outras discrepâncias em um post, na atualmente inativa (jun/2022), BioWare Social Network.
  • Diversos conflitos cronológicos foram criados por Dragon Age: The Calling, por conta de um erro editorial[5].

Referências[]

  1. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 132
  2. 2,0 2,1 Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 133
  3. 3,0 3,1 Entrada de códice: História de Kirkwall: Capítulo 4 - Dragon Age II
  4. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 2, p. 199
  5. 5,0 5,1 5,2 Dragon Age (Time Period) - Fandom
  6. 6,0 6,1 "World of Thedas - Volume 1: An Errata". Official BioWare blog.
  7. Nota: Investigação em Halamshiral - Clues (Grand Library). Dragon Age: Inquisition
  8. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 136
  9. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 2, p. 109
  10. Dragon Age: The Calling, p. 29, 94
  11. Dragon Age: The Calling põe um fim a ocupação Orlesiana 11 anos antes. Uma conversa durante o jogo Dragon Age: Origins diz que os Guardiões Cinzentos retornaram 20 anos antes dos dias modernos.
  12. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 137
  13. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 140
  14. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 140
  15. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 2, p. 95
  16. Entrada de códice: Stalata Negat - Dragon Age: The World of Thedas, vol 2
  17. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 2, p. 221
  18. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 142
  19. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 2, p. 79
  20. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 2, p. 278
  21. 21,0 21,1 Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 143
  22. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 2, pp. 183-185
  23. Gaider, David. "Private communication via Tumblr". Dawn of the Seeker se passa em 9:22 Dragão. Retrieved February 3, 2013.
  24. 24,0 24,1 Dragon Age: The World of Thedas, vol. 2, p. 222
  25. 25,0 25,1 Wiki talkpage
  26. 26,0 26,1 Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 144
  27. Bioware Forums (atualmente inativo) - Post por David Gaider sobre a causa da morte do Rei Maric. O ano da morte de Maric é citada em uma tela de carregamento de Dragon Age: Origins.
  28. Dragon Age: The Silent Grove
  29. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 2, pp. 182-183
  30. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 2, p. 25
  31. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 2, p. 152
  32. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 2, p. 203
  33. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 145
  34. Fenris diz que escapou há três anos durante a missão Fenris Recruited no Ato 1 de Dragon Age II.
  35. Em um diálogo em Dragon Age: Origins, Alistair diz ser um Guardião há seis meses na época da Batalha de Ostagar em 9: 30 Dragão.
  36. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 148
  37. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 149
  38. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 152
  39. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 153
  40. 40,0 40,1 Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 154
  41. Entrada de códice: Blackwall - Dragon Age: Inquisition
  42. Dragon Age Keep - World Lore - Vimmark Mountains - Events
  43. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 156
  44. Official Dragon Age website - Morrigan's character profile
  45. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 2, pp. 83-84
  46. Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 157
  47. 47,0 47,1 Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 158
  48. 48,0 48,1 48,2 Dragon Age: The World of Thedas, vol. 1, p. 159
  49. De acordo com um diálogo com Solas em Invasor, que afirma que ele despertou um ano antes de entrar para Inquisição.
  50. Invasor se passa em 9:44 Dragão, afirmando explicitamente que seus acontecimentos ocorrem dois anos após a derrota de Corypheus.
  51. Nota: Dedicação - Dragon Age: Inquisition - Invasor
Advertisement